Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Depois da desilusão de bandas clássicas como Anthrax ou Machine Head,andei a franzir o sobreolho a tudo o que era lançado por bandas que aqui se enquadram.
Os veteranos Megadeth foram a próxima vitima desta desconfiança,após ouvir os singles de lançamento não augurava nada de espetacular.
Pois é,assimilado que está(e como deve de ser)este novo Th1rt3en,todos os medos desapareceram,parece que o regresso de Mustaine aos grandes discos está finalmente de regresso.Após andar a dar tiros no escuro na segunda metade da década de noventa e princípios de milénio com álbum como Youthanasia,Risk e Cryptic Writings regressou em grande forma em 2007 com  United Abominations,apesar de ainda ser um disco morno a génese que identificava os Megadeth como banda única no mundo estava de volta.Faltava apenas uma falha a ser colmatada,o ingresso de um grande guitarrista que fizesse esquecer de vez o incrível Martin Friedman,e assim foi,Chris Broadrick foi recrutado aos também excelentes(e infelizmente agora extintos)Nevermore de Jeff Loomis e Warrel Dane,e ascensão qualitativa no disco seguinte de seu nome End Game foi meteórica,mais um clássico de thrash heavy metal  foi escrito e o génio de Dave Mustaine estava definitivamente de volta.
Através do titulo e de algumas declarações de Dave tudo fazia prever que seria o ultimo disco,mas o impulso que a Big Four Tour criou nos renovados e revigorados Megadeth levou a que fizessem(e até ver)mais este glorioso disco.
Se Endgame tinha remeniscências Thasheiras de Rust In Peace já este Th1rt3en faz lembrar o mais mid tempo Countdown To Extinction,é,por isso mesmo,um disco novo menos rápido,mais melódico mas cheio de grande ganchos,solos inacreditáveis(como é que é possível tantos discos depois)muito groove á mistura e um Dave Mustaine muito prolífico a nível de letras com uma interpretação vocal numa toada mais morna(pois é,a idade e os excessos não perdoam)mas ainda assim muito sentida e de alto nível.
O disco é muito homogéneo,saboroso de inicio ao fim mas tem concerteza algumas malhas espetaculares que farão parte do seu novo set list de concertos tais como:Sudden Death,Whose Life ou Never Dead.
Dito isto,de quê que estão á espera...COMPRAR JÁ....


Megadeth – TH1RT3EN (2011) [HQ/FLAC]
http://3.bp.blogspot.com/-4OouG_XWp8E/Tn3VDjC1ppI/AAAAAAAABKQ/LCUm3DQ1AIc/s1600/Megadeth+-+Th1rt3en+%252801.11.2011%2529.jpg
DOWNLOAD -> FileSonic | Wupload
DOWNLOAD -> FileSonic | Wupload
Megadeth – TH1RT3EN (2011)
Genre: Thrash Metal, Heavy Metal
Country: USA
Quality: CBR 320 kbps (CD-Rip) | FLAC (tracks+.log+.cue)
MySpace
Tracklist:
01. Sudden Death (5:09)
02. Public Enemy No. 1 (4:15)
03. Whose Life (Is It Anyways?) (3:50)
04. We the People (4:33)
05. Guns, Drugs & Money (4:19)
06. Never Dead (4:32)
07. New World Order (3:56)
08. Fast Lane (4:04)
09. Black Swan (4:10)
10. Wrecker (3:51)
11. Millennium of the Blind (4:15)
12. Deadly Nightshade (4:55)
13. 13 (5:49)

2 comentários:

  1. Não está mau, e vão vender que nem pipocas, porque são os "Megadeth", mas isto não é uma reclamação, até porque muitas (não todas)destas bandas "antigas" hoje em dia vivem só do nome.

    Abraço \m/

    ResponderEliminar
  2. Tens toda a razão,mas acho que os Megadeth continuam a fazer um esforço grande para fazer discos de qualidade,honestamente este não é o melhor disco dos Megadeth,evidentemente,mas penso que mereciam uma boa critica(até porque gosto mesmo do album)pela sua dedicação e perserverancia.Obrigado por visitares o meu blog,já sabes que és sempre benvindo a comentar o que quer que seja( porque apesar de têr alguns visitantes diários de vários paises és o unico que o faz hahaha).Fica bem camarada.

    ResponderEliminar